lunes, agosto 8, 2022

JOÃO BAPTISTA BORGES INFORMA, POPULAÇÃO DE BELÉM DO HUAMBO GANHA SUBESTAÇÃO ELÉCTRICA

De obligada lectura

Tendo em conta o grande esforço que o Executivo Angolano vem realizando para reduzir e eliminar o défice de energia eléctrica no país, o ministro da Energia e Águas, Eng. João Baptista Borges, na presença de Sua Excelência, João Manuel Gonçalves Lourenço, Presidente da República de Angola, inaugurou a 13 de Maio de 2022, na Província do Huambo, a Subestação Eléctrica de 400/220/60 kV, do Belém do Huambo.

A referida subestação que conta com uma capacidade de 400 kV, começou a ser construída a

para manter as centrais térmicas a funcionar.

Este investimento enquadra-se na estratégia gizada pelo Executivo na Expansão da Rede Eléctrica nacional com dois grandes objectivos:

  1. Interligar a Rede Eléctrica aos principais centros do País (capitais Provinciais);
  2. Electrificação dos municípios. 15 de Abril de 2017, tendo sido energizada em Abril de 2019, beneficiando assim cerca de 600 mil familías.

Na ocasião, o ministro João Baptista Borges adiantou que esta subestação tem uma importância regional, uma vez que vai permitir interligar o Centro e o Sul do País e de igual modo vai permitir electrificar os onze (11) munícipios do Huambo e poupar mais de 100 milhões de litros de combustíveis que antes eram utilizados

Referiu ainda o ministro que grandes investimentos estão a ser feitos na produção e a meta será atinguir os 8.000 MW e também os grandes investimentos no transporte e distribuição são fundamentais para o escoamento dessa capacidade.

Salientou que a construção das linhas de transporte nos próximos anos vai permitir passarmos de 10 províncias que estão actualmente integradas na rede eléctrica nacional para 16 Províncias nos próximos 5 anos.

João Baptista Borges informa, este projecto vai permitir ainda integrar gestores independentes para poder escoar essa energia elétrica e vendê-la para outros que pretenderem e assim reduzir os custos de energia e potenciar o desenvolvimento industrial em grande escala.

 

DEJA UNA RESPUESTA

Por favor ingrese su comentario!
Por favor ingrese su nombre aquí

Último artículo