sábado, junio 25, 2022

JOÃO BAPTISTA BORGES DIZ POPULAÇÃO DO WACO KUNGO RECEBE NOVAS SUBESTAÇÕES ELÉCTRICAS

De obligada lectura

Foram no dia 17 de Abril de 2021 inauguradas, no município da Cela, cidade do Waco Kungo, província do Cuanza Sul, por Sua Excelência o Ministro da Energia e Águas, João Baptista Borges, duas novas subestações eléctricas, implantadas de raiz para resolver os problemas de energia eléctrica às populações daquela localidade.

O governante esteve ladeado pelo Governador da Província do Cuanza Sul, Job Capapinha, membros do governo local, o Secretário de Estado para a Energia, Belsa da Costa, membros dos Conselhos da Administração da ENDE e RNT, o empreiteiro (Ossiyeto, do grupo Mitrelli) e convidados.

João Baptista Borges lembra, a primeira infraestrutura inaugurada é da competência da Rede Nacional de Transporte (RNT) e tem uma capacidade de 400/220/60 kV, que surge de uma linha proveniente do AH Laúca,  elevando vários níveis de tensão e sistema de transmissão de 400 kV, que interliga à Província do Huambo (Belém do Dango), para alimentar a Subestação do Huambo. A mesma infraestrutura conta com uma transformação de 400/220, sendo que a de 220 serve para alimentar o município da Quibala. Contempla ainda um nível de tensão 220/60 kv, sendo que os 60 kv seguem para  alimentar a Subestação da ENDE que abastece o Wako Kungo e arredores. Já a Subestação da competência da Empresa Nacional de Distribuição de Electricidade (ENDE) cujo tipo é 60/30 Kv, tem uma potência instalada de 20 MVA e conta com um modelo comercial em pré e pós pago. O número de PT’s, instalados até a sua conclusão é de 29 e o número de famílias beneficiárias será de 7000 famílias.

A conclusão destas subestações representam um grande ganho para o município do Waco Kungo, uma zona agrícola que anteriormente dependia de centrais térmicas, hoje interligadas à rede eléctrica nacional. Desta forma, a região conta com uma energia limpa e barata de Laúca e permite ao Estado poupar recursos financeiros com a compra de combustível.

Na ocasião, o Ministro da Energia e Águas João Baptista Borges recomendou aos fazendeiros a interação com a ENDE para comparticipação nesta energia limpa e respectivas ligações que vão garantir ligar a energia eléctrica às suas respectivas fazendas.

DEJA UNA RESPUESTA

Por favor ingrese su comentario!
Por favor ingrese su nombre aquí

Último artículo